Imagem momento em que a diretoria do CRF-SP descerra a placa de inaurugação

 

Guarulhos inaugura nova seccional com melhor estrutura para farmacêuticos e empresas da região

Diretoria do CRF-SP descerra a placa de inauguraçãoDiretoria do CRF-SP descerra a placa de inauguraçãoSão Paulo, 9 de dezembro de 2019.

O CRF-SP realizou na sexta-feira (6/12) cerimônia de inauguração da nova sede da seccional de Guarulhos, que passou a funcionar em novo de endereço. O escritório regional conta com melhor estrutura física para oferecer mais comodidade e melhor atendimento aos cerca de dois mil farmacêuticos e 800 empresas da região.Público presente na inauguraçãoPúblico presente na inauguração

O evento contou com a presença do presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado, da secretária-geral, Dra. Luciana Canetto, da diretora tesoureira, Dra. Danyelle Marini, do delegado regional de Guarulhos, Dr. Jonas Moraes Cardozo, e do delegado regional adjunto, Dr. Samuel Vieira Lima, além de autoridades locais e farmacêuticos da região, delegados regionais de outras seccionais do Estado, coordenadores e membros das comissões assessoras.Da esq. p/ dir.: Dr. Marcos Machado, Dra. Luciana Canetto e Dra. Danyelle MariniDa esq. p/ dir.: Dr. Marcos Machado, Dra. Luciana Canetto e Dra. Danyelle Marini

O delegado regional de Guarulhos, Dr. Jonas Moraes Cardozo, em seu discurso agradeceu o apoio da diretoria do Conselho e farmacêuticos que acompanharam o trabalho realizado pela seccional. ”A casa é bonita e nova, mas sem os farmacêuticos aqui dentro, nada se resolve. Por isso, quero abrir as portas desta casa. Espero que cada vez mais vocês estejam presentes. Quero ampliar essa parceria com os amigos de sempre, novos parceiros e gente que vem de longe. Desejo que a casa seja de vocês”, disse.Delegado regional de Guarulhos, Dr. Jonas Moraes Cardozo, e delegado regional adjunto, Dr. Samuel Vieira LimaDelegado regional de Guarulhos, Dr. Jonas Moraes Cardozo, e delegado regional adjunto, Dr. Samuel Vieira Lima

Já o presidente do CRF-SP. Dr. Marcos Machado, cumprimentou o público presente e lembrou do histórico da seccional, que iniciou as atividades em março de 2003 dentro da Universidade de Guarulhos, um parceiro de longa data. Aproveitou para falar um pouco sobre o momento da profissão. Citou diversos projeto de lei em tramitação no Congresso que ameaçam a profissão e até mesmo as atividades dos conselhos de classe.

“Terminando o ano de 2019, as preocupações que temos com a profissão se renovam. Hoje as coisas estão um pouco mais difíceis e os desafios são muito maiores. Por tudo isso estamos felizes de proporcionar essa alegria para nossos colegas. A seccional é nova, mas o trabalho realizado em Guarulhos é antigo e muito bem feito”, afirmou o presidente do CRF-SP.Grupo de farmacêuticos de Guarulhos junto com diretoria do CRF-SPGrupo de farmacêuticos de Guarulhos junto com diretoria do CRF-SP

Durante a cerimônia a seccional prestou homenagem à Dra. Carolina Mantovan Monteiro pelos relevantes serviços prestados à profissão farmacêutica e para a sociedade do Estado de São Paulo. A homenageada justificou a ausência e uma placa que foi confeccionada para reverenciar sua atuação foi recebida pela Dra. Ana Flavia Lima e posteriormente encaminhada a ela.

A nova seccional de Guarulhos está localizada na Avenida Salgado Filho, 252, Conjuntos 408 e 409, Edifício Office Tower, Centro.


Carlos Nascimento
Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

Ilustração com os dizeres Nota de Esclarecimento

 

 

Assinatura digital em receituários

Assinatura digital em receituáriosAssinatura digital em receituáriosSão Paulo, 28 de novembro de 2019.

Com relação à dispensação de medicamentos mediante receituários emitidos de forma eletrônica com assinatura digital, o CRF-SP esclarece que no Brasil, por meio da Medida Provisória nº 2.200-2/01, foi instituída a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil que visa garantir a autenticidade, a integridade e a validade jurídica de documentos em forma eletrônica, das aplicações de suporte e das aplicações habilitadas que utilizem certificados digitais.

Dessa forma, juridicamente, documentos emitidos conforme critérios da MP nº 2.200-2/2001 são legalmente válidos, sendo assim, na esfera atual de legislação profissional farmacêutica, não há enquadramento de irregularidade ético-profissional para farmacêuticos que aceitem tais prescrições eletrônicas, desde que haja a devida conferência de sua autenticidade e validade.

Porém, não compete ao CRF-SP autorizar empresas, instituições e profissionais de saúde a emitirem receituários em formato eletrônico.

Ressalta-se que especialmente para medicamentos sujeitos a controles específicos, tais como antimicrobianos e aqueles que contenham substâncias pertencentes às listas da Portaria SVS/MS nº 344/98, cabe a avaliação de aspectos sanitários que envolvem riscos à saúde em caso de ausência de critérios para o devido monitoramento de dispensação.

Observa-se a ampliação de uso de tecnologias em serviços de saúde e, consequentemente, aumento da emissão de documentos em formato eletrônico com assinaturas digitais. Contudo, não há manifestação de órgãos sanitários a respeito do assunto ou medidas formais que esclareçam critérios de controle para evitar eventual uso irracional de medicamentos.

Dessa forma, CRF-SP enviou ofício à Anvisa e Conselho Federal de Farmácia a respeito da emissão de prescrições de medicamentos em formato eletrônico com assinaturas digitais e aguarda o posicionamento de tais órgãos.

Orientação Farmacêutica CRF-SP


CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS
 

 

 

Imagem ilustrativa com fundo ocre tendo a esquerda uma mão segurando um celular cuja tela se vê o site do atendimento do CRF-SP; à dit., um casal branco de farmacêuticos olham para a tela de um computador; no lado esquerdo se lê as frases "Atendimento on-line" e Recurso de Indeferimento de CR; do outro lado, há uma pequena ilustração de um computador; o logo do CRF-SP e a frase "Utilize o E-Cat, / É fácil, é rápido

Saiba como solicitar Recurso de Indeferimento de Certidão de Regularidade (CR) no portal do CRF-SP