RDC 44/09: CRF-SP contribui há duas décadas para esta vitória

 

Alheios: novas regras anunciadas pela Anvisa incluem lista de produtos que podem ser comercializados em farmácias e drogariasAlheios: novas regras anunciadas pela Anvisa incluem lista de produtos que podem ser comercializados em farmácias e drogariasO intenso trabalho do CRF-SP e de toda a categoria farmacêutica em busca da consolidação da farmácia como estabelecimento de saúde foi coroado com êxito pela publicação da RDC nº 44/2009, que dispõe sobre Boas Práticas Farmacêuticas de dispensação, comercialização de produtos e prestação de serviços farmacêuticos em farmácias e drogarias e pelas Instruções Normativas nº 9 e nº 10, que tratam respectivamente sobre o comércio de produtos e a disposição de medicamentos isentos de prescrição em local restrito.

Vitória para a saúde: novas determinações para farmácias 18/08/2009

 

Gondolas de farmáciaGondolas de farmácia    

Prestação de serviços farmacêuticos, medicamentos isentos de prescrição
fora do alcance dos usuários e lista de produtos que podem ser comercializados em farmácias e drogarias são medidas publicadas nesta terça-feira pela Anvisa.
O CRF-SP colaborou ativamente para essa nova realidade

Seminário do CRF-SP discute medicamentos isentos de prescrição 14/08/2009

 

 

 

 A dispensação de medicamentos isentos de prescrição (MIPs) é tema do próximo seminário promovido pelo CRF-SP, a ser realizado no dia 29 de agosto (sábado), das 8h30 às 16h30, no auditório da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo (SP).

Nova Resolução suspende propaganda de antigripais 14/08/2009

 Suspensação determinada pela Anvisa entra em vigor a partir de hojeSuspensação determinada pela Anvisa entra em vigor a partir de hojeEm função do elevado número de casos da gripe A (H1N1) no Brasil, as propagandas de medicamentos indicados para o alívio dos sintomas da gripe sazonal, em especial os de propriedades analgésicas e antitérmicas, estão temporariamente suspensas em todo território nacional a partir de hoje (14 de agosto). A determinação foi feita pela Anvisa por meio da Resolução 43/2009, publicada na edição de hoje no Diário Oficial da União. 

 

De acordo com a nova Resolução, a suspensão é necessária porque o uso indiscriminado destes medicamentos pode mascarar uma situação de risco, como é o caso de pessoas infectadas com o influenza A.