PROFISSIONAIS INSCRITOS ATIVOS
     

ESTABELECIMENTOS REGISTRADOS

Revista do Farmacêutico

PUBLICAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Nº 128 - NOV - DEZ/ 2016 - JAN/2017

MENSAGEM DA DIRETORIA

 

Novo foco, novo farmacêutico

 

editorialO Dia do Farmacêutico é um dos mais importantes do ano para mostrar à população o papel do profissional como agente promotor de saúde. Também é uma data para refletir sobre as mudanças do setor que estão voltadas, principalmente, à atuação clínica. 

A transformação é recente, mas o assunto não é novo. Lá se vão 27 anos da publicação de Hepler e Strand que abordou a atenção farmacêutica pela primeira vez no mundo. Por que, então, a farmácia clínica não deslanchou no Brasil até hoje?
No Reino Unido os farmacêuticos podem prescrever medicamentos para qualquer condição de sua competência clínica. Atualmente, há apenas três medicamentos controlados que não podem ser prescritos pelos farmacêuticos. Em Portugal, são prestados serviços essenciais e diferenciados pelas farmácias, como primeiros socorros (ex.: pequenas feridas), administração de vacinas não incluídas no programa nacional de vacinação, gestão de doenças (asma, doença pulmonar obstrutiva crônica - DPOC, diabetes, hipertensão e dislipidemia).
Experiências do Brasil e exterior relacionadas à área foram apresentadas no Seminário Internacional - atuação clínica: a prática farmacêutica do século XXI, realizado em 20 de janeiro, que também contou com uma palestra motivacional do técnico da seleção brasileira de voleibol feminino, José Roberto Guimarães, que falou sobre a superação de desafios para o sucesso de novas práticas, traçando um paralelo com o atual momento vivido pelo farmacêutico.
E, falando em palestrantes renomados, outro grande evento promovido pelo Conselho, o Seminário de Ética, trouxe dois dos principais pensadores da atualidade: Leandro Karnal e Clóvis de Barros Filho, que despertaram, junto com outros ministrantes, reflexões éticas nos ambientes pessoal e profissional.
Em tempos de expansão de opiniões polêmicas nas redes sociais, o foco foi apontar como no mundo corporativo conduta e postura nessas mídias despertam cada vez mais interesse dos gestores e refletem diretamente nas relações profissionais.
Como se vê, o Conselho não mede esforços para apresentar oportunidades de capacitação para o farmacêutico. A entidade também aposta no pilar da valorização da profissão e, novamente, utilizou o Dia Nacional do Farmacêutico como ponto de partida para uma nova campanha publicitária de peso.
Com veiculação na TV, rádios, jornal, outdoors, painéis e sancas no metrô, o slogan “Farmacêutico: para toda cura a melhor fórmula” mostrou à população a importância de ouvir o seu farmacêutico, que tem muito a contribuir com a saúde e qualidade de vida de todos.