Quase 50% dos hospitais com UTI adulto possuem ações contra a resistência microbiana

 


São Paulo, 25 de novembro de 2020.

Dados parciais de um levantamento realizado em 2019 por 954 hospitais com unidade de terapia intensiva (UTI) adulto revelou que 47,5% deles (453) possuíam Programa de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos (PGUA). A implementação desse programa é recomendada para o enfrentamento da resistência microbiana, que é a capacidade de bactérias, fungos, parasitas e outros agentes etiológicos (microrganismos que causam doenças) resistirem à ação de antimicrobianos, diminuindo ou eliminando a eficácia desses medicamentos para curar ou prevenir infecções. 
A pesquisa faz parte do Projeto Stewardship Brasil também identificou as principais ações adotadas para o uso racional dos antimicrobianos nos hospitais. Entre elas estão a readequação de terapias, conforme resultados laboratoriais microbiológicos (371 hospitais), e a utilização de protocolos clínicos para as principais síndromes presentes na unidade (293), além da realização de monitoramento periódico de indicadores de uso de antimicrobianos (290).

De acordo com o levantamento, as 954 unidades participantes representaram 55% do total de hospitais com leitos de UTIs adulto habilitados no país. A pesquisa foi feita por adesão, por meio do preenchimento de um formulário de autoavaliação, dentro do Projeto Stewardship Brasil, lançado em 2019 pela Anvisa, em parceria com a Associação Brasileira dos Profissionais em Controle de Infecções e Epidemiologia Hospitalar (ABIH).

O objetivo do projeto foi identificar oportunidades de melhoria e buscar estratégias para promover a implementação desses programas em todos os hospitais do país. Portanto, além de fornecer um panorama nacional sobre os programas, a pesquisa possibilitou o levantamento de dados para a elaboração de ações de promoção da implementação de PGUAs nos hospitais brasileiros.

Curso

Quer saber mais sobre gerenciamento do uso de antimicrobianos? Então se inscreva no curso à distância sobre o tema, destinado aos profissionais das Vigilâncias Sanitárias e das coordenações de controle de infecção hospitalar de todo o país, além dos profissionais que atuam nos serviços de saúde. O curso apresenta os componentes essenciais para a elaboração e as etapas principais para a implementação de um PGUA em serviços de saúde.

Acesse e inscreva-se: Curso de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos

 

Informações técnicas 

 

 

Departamento de Comunicação CRF-SP (Fonte: Portal Anvisa)

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS 


Fique atualizado sobre capacitações e informativos importantes do CRF-SP. Participe do grupo de WhatsApp e mantenha-se informado:

https://chat.whatsapp.com/KG09Ci7QDtqBnGrL00gFTX