Seccional

São João da Boa Vista

Data de inauguração
Novembro/2003
Delegado Regional
Dr. Ronaldo Campanher
CRF-SP: 21.148
Delegada Regional Adjunta
Dra. Daniela Pelegrini de Alencar Silingowschi
CRF-SP: 24.455
Plantões dos Delegados Regionais: Todas as quartas-feiras das 07h00 às 08h00
  • Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira: das 08h30 às 12h e das 13h às 17h30 Atenção: O horário do início de atendimento no período da tarde poderá sofrer alterações eventuais em razão do prolongamento do atendimento no período da manhã.
  • Endereço: Rua Floriano Peixoto, 11, 2º andar - sala 03, Centro, São João da Boa Vista - SP / CEP: 13870-060
  • Telefone: (19) 3631-0441
Observações
  • Feriados Municipais - Não há atendimento
  • 24/06 - Padroeiro
  • 20/11 - Consciência Negra
Notícias

Campanha 'Farmacêutico contra a dengue, zika e chikungunya'

São Paulo, 19 de março de 2019.

A ação “Farmacêuticos contra a dengue, zika e chikungunya” segue movimentando as diversas regiões do Estado. No último final de semana, a campanha do CRF-SP ocorreu em Araçatuba, Barretos, Pitanga, Colina, Araçatuba, Zona Norte da capital, Fernandópolis e São João da Boa Vista, somando mais de 1,6 mil atendimentos.

Durante a campanha, a população recebe orientação sobre aos cuidados com as três doenças, formas de prevenção e responsabilidade no consumo de medicamentos como o ácido acetilsalicílico e o ibuprofeno, assim como outros anti-inflamatórios não esteroidais que não podem ser utilizados em casos suspeitos da doença, pois podem causar hemorragia e levar à morte.

Em São João da Bosta Vista, a ação contou com a participação de dez voluntários que orientaram os frequentadores do supermercado Big Bom. De acordo com o delegado regional da Seccional de São João da Boa Vista, Dr. Ronaldo Campanher, os farmacêuticos foram extremamente bem recebidos pela população, já que muitos estão cientes de que a cidade está na iminência de um novo surto. Ao todo foram 500 atendimentos.

“Orientamos sobre a dengue, zika e chikungunya, e pudemos evidenciar a importância do farmacêutico, colocando-o à disposição da sociedade. Algumas pessoas acharam a abordagem e o material tão importantes que disseram que farão publicações em suas redes sociais do nosso folder e relatarão nosso trabalho”, contou o Dr. Ronaldo Campanher.

 

Página 1 de 29