Presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado, recebe o vereador Gilberto Natalini


O vereador Dr. Gilberto Natalini e o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos MachadoO vereador Dr. Gilberto Natalini e o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos MachadoSão Paulo, 11 de setembro de 2018. 

Como parte dos objetivos dessa gestão, de se aproximar dos parlamentares e apresentar as demandas da profissão farmacêutica, Dr. Marcos Machado, presidente do CRF-SP, recebeu na sede, o vereador e ex-secretário municipal do Verde e Meio ambiente de São Paulo, Dr. Gilberto Natalini.

Para Dr. Marcos Machado, a aproximação do CRF-SP com os parlamentares é importantíssima. “Nós não temos partido político, não militamos em nenhum, queremos a aproximação para defender as demandas farmacêuticas, já que a profissão tem muitas demandas que dependem de projetos de lei e que passam pelos políticos que estão lá”.

Já o vereador que trabalha há décadas no Sistema Único de Saúde destacou que a atividade de prestação de saúde é multiprofissional. “O farmacêutico faz parte da família da saúde, não existe assistência farmacêutica ou assistência à saúde sem o profissional da farmácia, então temos uma relação há tempos com o farmacêutico”.

Ele ressaltou ainda a aproximação com os farmacêuticos por conta do ensino a distância. “Tenho uma posição firme contrária e sei que o Conselho de Farmácia e outros conselhos também. Solicitei à comissão de saúde e fizemos uma audiência pública na Câmara, também fiz uma moção de repúdio e entreguei na mesa da Câmara assinada por mais de 35 vereadores, além de mandar para todos os congressistas do Senado, Câmara, para presidentes das assembleias em todo o país. Estamos fazendo uma campanha, a nossa maneira, para defender o ensino presencial na área da saúde e para a formação dos farmacêuticos”.

Relação médico e farmacêutico

Segundo o vereador Gilberto Natalini “Sou formado em Medicina há 43 anos, o farmacêutico tem um papel de destaque na área da saúde, porque na hora do paciente tomar o medicamento, na assistência, na pesquisa, no ensino, em orientar como usar o medicamento, o farmacêutico é a pessoa chave, o especialista que está ali para isso. Defendo o aumento do mercado de trabalho dos farmacêuticos no SUS, ainda tem poucos profissionais no serviço público, tem muita área descoberta que faz assistência farmacêutica que não tem o profissional e também na sociedade como um todo. Vim ao CRF-SP me colocar à disposição para esse trabalho”.

 O farmacêutico Vagner Sela, o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado e o vereador Gilberto Natalini O farmacêutico Vagner Sela, o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado e o vereador Gilberto Natalini

 

Thais Noronha

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS