CRF-SP solicita liberação de veículos de farmacêuticos em vias bloqueadas

 

São Paulo, 5 de maio de 2020.

Por meio de ofício enviado ao secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido dos Santos e ao secretário municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Edson Caram, o CRF-SP solicitou a inclusão do farmacêutico na autorização de profissionais de saúde que poderão circular sem restrições pelas vias que foram bloqueadas a partir desta terça-feira, 5, na capital, como forma de restringir a circulação de veículos e ampliar a taxa de isolamento em meio à quarentena de combate ao novo coronavírus.

Como profissional de saúde, o farmacêutico tem atuado no enfrentamento da pandemia nos mais diversos estabelecimentos de saúde considerados atividades essenciais, como farmácias, unidades básicas de saúde, hospitais e laboratórios de análises clínicas. 

Portanto, se faz necessária a livre circulação desse profissional para que ele possa cumprir com suas atribuições e continuar exercendo suas atividades em benefício da população paulistana. 

O CRF-SP se colocou à disposição para fornecer uma relação com os dados dos profissionais que residem ou trabalham no município de São Paulo ou ainda, emitir um documento ao farmacêutico que o requerer.

 

Clique para visualizar o ofício 

Thais Noronha

Departamento de Comunicação CRF-SP

 CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS