Ministério da Saúde abre consulta pública até 16/9

São Paulo, 9 de setembro de 2019

Está aberta a consulta pública sobre a proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT), que norteia o tratamento do Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1). Nesta última versão, está incluída no documento a insulina análoga de ação prolongada, alternativa de tratamento incorporada ao SUS em março desse ano. Com a consulta, médicos, outros profissionais da área de saúde, pesquisadores, pacientes, que fazem uso de insulina, e demais interessados podem se manifestar sobre a atualização do PCDT. Pacientes, profissionais de saúde e pesquisadores poderão se manifestar até o dia 16/9.

A insulina de ação prolongada é formada por quatro sequências de aminoácidos similares à insulina humana, hormônio essencial para controle dos níveis de glicose no sangue. Embora já incorporada ao SUS, é necessário ser incluída no PCDT para Diabetes do Tipo I, já que o documento orienta o tratamento para a doença.

A Consulta Pública é coordenada pelo Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias, Inovação em Saúde, Secretaria Executiva da Conitec. O objetivo desta etapa do processo de avaliação de tecnologias em saúde é receber contribuições da sociedade civil. Interessados podem participar preenchendo o formulário eletrônico.  

O diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou pela má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. No Brasil, em 2018, 7,7% da população adulta brasileira foi diagnosticada com diabetes, o que representou aumento de 40% em relação ao ano de 2006, quando representava 5,5% da população. As mulheres apresentam 8,1%, maior percentual de diagnóstico do que em homens 7,1%.

 

Departamento de Comunicação CRF-SP (Fonte: Ministério da Saúde) 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS