Palestra faz parte da programação do XX Congresso Farmacêutico de São Paulo

São Paulo, 30 de julho de 2019

Com a área de suplementos alimentares em plena ascensão, e em especial, um campo aberto para a atuação do farmacêutico, o CRF-SP dedicou uma programação especial com palestrantes especialistas em diversas especificidades relacionadas ao assunto durante o XX Congresso Farmacêutico de São Paulo, que acontece de 10 a 12 de outubro, no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital.

Em 2018, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri), o setor de Sport Nutrition faturou cerca de R$ 2,24 bilhões, crescendo 12% em relação ao ano anterior.

No primeiro dia de Congresso, 10 de outubro, os participantes inscritos poderão acompanhar o painel “Produtos de importância na suplementação alimentar”, as palestras “Cafeína, Creatina e Whey Protein”, com o Dr. Luiz Fernando Moreira e “Glutamina, Ômega 3 e BCAA”, com o Dr. Henry Okigami.

O farmacêutico e consultor em pesquisa e desenvolvimento na indústria alimentícia, cosmética e farmacêutica, Dr. Henry Okigami destaca o tema da sua palestra “Irei abordar, de forma prática, as indicações para prescrição e uso de glutamina, omega-3 e BCAA. Um exemplo, o BCAA é muito utilizado por fisiculturistas, porém pode ser utilizado e os estudos mostram benefício em doenças hepáticas, ou mesmo com a finalidade lactagoga. O omega-3 é geralmente indicado para prevenção primária e secundaria de doenças cardiovasculares, porém há espaço e comprovação para uso em psoríase, doenças inflamatórias, depressão, esquizofrenia e tantas outras patologias, na maioria das vezes, aumentando o efeito do tratamento tradicional”.

Papel do farmacêutico

Com o mercado em expansão, Dr. Henry enfatiza que para atuar nessa área, o farmacêutico precisa ser raiz, “das antigas”, estudioso e preocupado com a saúde do paciente, além de entender de bioquímica e farmacologia, uso dos produtos e as interações sinérgicas pode fazer a diferença entre o sucesso ou o fracasso no tratamento do paciente. “O farmacêutico pode orientar o paciente caso ele chegue com uma indicação, ou mesmo indicar o produto, lembrando que a legislação permite ao farmacêutico indicar suplementos alimentares, mas a grande maioria não o faz por desconhecimento do mercado, tanto por parte dos investidores proprietários de farmácias como por parte do próprio farmacêutico”.

Mercado aberto

Dr. Henry chama a atenção para o espaço no mercado “Está 100% aberto, é um nicho novo, um bom farmacêutico, ou bons farmacêuticos na farmácia, mais um bom estoque de suplementos pode melhorar o atendimento ao paciente, melhorando a eficácia dos tratamentos convencionais, e como resultado, aumentando o faturamento da farmácia. Este mercado cresce cada vez mais, tanto médicos como nutricionistas têm cada vez mais indicado suplementos alimentares, cabe ao farmacêutico a orientação ao paciente, mas em localidades onde não há médicos ou nutricionistas, o farmacêutico pode exercer este papel. Mesmo em localidades onde há estes profissionais, mas há farmacêuticos competentes, sempre haverá espaço para o profissional indicar suplementos alimentares com racionalidade. O resultado final atingido pelo paciente será a principal recompensa do farmacêutico, o retorno financeiro na comercialização do produto beneficia a empresa como um todo”.

10 de outubro

13h30 às 18h/ Painel - PRODUTOS DE IMPORTÂNCIA NA SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR

- Cafeína, Creatina e Whey Protein

Dr. Luiz Fernando Moreira

- Glutamina, Ômega 3 e BCAA

Dr. Henry Okigami

 

Thais Noronha

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS