Rede social anunciou a exclusão de conteúdo, grupos e páginas

São Paulo, 8 de março de 2019

Uma das principais redes sociais no Mundo, Facebook, anunciou no dia 7 de março o combate às fake news relacionadas a vacinas. Segundo a empresa, conteúdo, páginas e grupos que contenham fake news sobre assunto serão excluídas. Entretanto, não há prévia de início para a ação.

De acordo com o comunicado assinado por Monika Bickert, vice-presidente global de Políticas de Conteúdo da empresa, outras medidas serão  tomadas para reduzir o destaque de grupos e páginas com fake news no feed de notícias. Vale lembrar que o Facebook vem tomando atitudes relacionadas a fake news desde 2018, especialmente na época de eleições políticas. 

Esse tipo de material também não será incluído nas recomendações quando o internauta digitar palavras-chave nas ferramentas de busca. A previsão é também rejeitar anúncios na rede que tenham informações incorretas. Segundo o informe, a companhia procura "formas de dar às pessoas informações mais precisas de organizações especialistas em vacinas no topo dos resultados de buscas relacionadas, em páginas que discutam o tema, e em convites para participar de grupos sobre o assunto".

Saiba mais sobre a medida clicando aqui

 

Departamento de Comunicação CRF-SP (Fonte: UOL)

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

.