Moção de Repúdio foi proposta do vereador Gilberto Natalini

 

São Paulo, 4 de outubro de 2018.

É cada vez maior o número de municípios que, por meio de aprovação na Câmara Municipal ou no Conselho Municipal de Saúde, se declaram contra a graduação a distância em cursos na área de saúde, como é o caso da Farmácia. A proposta do vereador Gilberto Natalini foi aprovada na Câmara Municipal de São Paulo e publicada no Diário Oficial da Cidade de São Paulo.

“Entendo que a modalidade (EaD) para disciplinas da área da saúde é um problema sério, na medida que não assegura quesitos fundamentais para o processo de formação, sendo um inconveniente que deve ser enfrentado, dentro dos preceitos éticos, pois a vida humana é prioridade e deve estar acima de qualquer outro interesse. Apresentamos assim à Mesa Diretora da Câmara SP, uma Moção de Repúdio tratando do tema, que já foi aprovada e publicada no Diário Oficial de 15/08. A nossa expectativa é que o Congresso possa tomar alguma providência sobre a Lei n.º 9.057/17 que teve a pretensão de aumentar o acesso ao ensino superior, mas que, na visão de profissionais e parlamentares, flexibilizou as regras para a educação à distância (EaD), levando a uma piora na qualidade dos cursos e prejudicando a formação de futuros profissionais. ”, destacou o vereador Gilberto Natalini, que também é médico.

O vereador Gilberto Natalini propôs a moção de repúdio na Câmara O vereador Gilberto Natalini propôs a moção de repúdio na Câmara

A Moção de Repúdio será encaminhada ao Conselho Nacional de Saúde e aos ministros da Saúde e da Educação.

Clique para acessar a Moção nº 16/2018

 

Projeto de lei 328/2018

De autoria da vereadora Edir Sales, o PL proíbe a realização de cursos a distância de ensino na área da saúde. De acordo com o texto, fica vedado no município de São Paulo qualquer curso na modalidade de ensino a distância na rede pública e privada, em cursos técnicos, de nível superior ou pós-graduação na área da saúde. A proposta contou com o apoio do CRF-SP para ser elaborada e atualmente está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça. “A cidade de São Paulo, além de abrigar grande parte dos cursos da área da saúde, também é exemplo para outras cidades do país. Com saúde não se brinca, é na sala de aula que os alunos têm a oportunidade de discutir e aprender na prática todo o conteúdo acadêmico”, ressaltou a parlamentar. 

Vereadora Edir Sales é a autora do PL 328/2018 Vereadora Edir Sales é a autora do PL 328/2018

 

Thais Noronha (com informações Monica Neri)

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS